"Vida e opinião de uma mulher de fases"

30 maio 2014

Minha experiência ao castrar meu cachorro

Oi femininas, tudo bom?
Estou bem empolgada em gravar vídeos e espero continuar assim, vocês estão gostando?
Hoje eu vou falar sobre a castração do McGee e espero que minha experiência sirva de ajudar!
castração cachorro


Vejam o vídeo:




Se inscreva no canal: 




E agora tudo que falei eu deixo em forma de post para quem prefere ler.

Pra quem não sabe o McGee é um Golden Retriever e tem até pedigree, o que hoje em dia eu acho uma estupidez porque todo animal é digno de respeito e carinho. Na época que eu comprei ele, eu já falei sobre isso na Tag Meu Bichinho de Estimação, eu não pensava em castrá-lo, até pensei que teríamos os filhotinhos dele tudo em casa. Mas ele começou a ficar muito agressivo com outros cachorros e como vivo em um apartamento tenho que levá-lo para passear em parques para animais ou nas montanhas onde há vários cachorros passeando, e o fato dele ser muito ciumento e possessivo fez com que o Weslei e eu começássemos a pensar sobre a castração. 

Mas o principal motivo que nos levou a castrar o McGee foi o fato dele ficar perseguindo as fêmeas, ele sentia o cheiro e saía me arrastando pela rua e ele pesa 40 quilos, imagina! Então nós decidimos buscar informação sobre o assunto. Buscamos muito, quase uns dez meses porque querendo ou não é uma cirurgia, e eu super indico que vocês busquem se informar bem sobre o tema (sobre as causas, consequências, pontos negativos e positivos em castrar, os veterinários, como era a cirurgia, preços etc). Não tive coragem de ver nenhum vídeo sobre a cirurgia pois tenho o estomago fraco pra isso, mas eu me informei bastante lendo. 
cachorro recebendo carinho
McGee recebendo carinho momentos antes de ir para o veterinário. 
Nós pagamos 220 euros na operação e foi super rápidoUm dia antes, a partir das nove da noite ele não podia comer nem beber nada e no dia seguinte eu já tive que levá-lo para operar as dez da manhã e ele voltou às duas da tarde.

Leia: Dicas para ter um cachorro em um apartamento

Quando eu busquei o McGee ele estava muito dopado, tanto que ele queria deitar e ele chorava, porque não conseguia deitar e eu tinha que ir e ajudá-lo. Ele veio com aquele cone na cabeça, nos primeiros dias ele tinha medo de se mover com aquilo, mas com o tempo ele saía batendo em tudo que ele podia rsrs, tanto que até estragou o cone e eu tive que fazer uns remendos com fita adesiva. Ele ficou com isso no pescoço durante quinze dias e também tomou remédios.
cachorro dopado com cone
Essa foi exatamente a hora que eu o trouxe pra casa. Olhem a carinha de dopado da criança! Reparem na pata raspada :/
Logo depois de castrar, eu pensei que seria algo imediato, que ele chegaria e já seria outro rsrs, mas não foi assim e eu comecei a pensar que tinha castrado pra nada. Na primeira semana ele estava normal, igual antes, até porque ele não podia fazer nenhum tipo de esforço físico e por isso ele ficou com muita energia acumulada. Foram passando os dias e eu fui percebendo que ele já não atacava os cachorros na rua, também não ficava cheirando o chão igual um louco, nem ficava marcando território (agora ele faz xixi tudo de uma ou em duas vezes). 

O que pude perceber é que com a castração ele ficou mais calmo, antes mesmo cansado ele ficava inquieto, estressado, agoniado, mas agora mesmo sem sair muito ele não fica tão afobado. E ele também parou de brigar com machos e até brinca com eles quando está com o Weslei, mas se estiver comigo ele ataca até filhote, isso me fez ver que o problema está em mim, pois ele percebe minha insegurança e tem necessidade de me proteger. Muita gente pensa que a personalidade do cachorro muda, porém isso não é certo, o que acontece é que pode diminuir o excesso de energia (a loucura).
flores amarelas golden retriever
McGee algumas semanas depois de ser castrado!
Sobre a questão do peso, ele não engordou e a gente continua dando a mesma comida de antes, só que nas primeiras semanas ele sentia muita fome e isso é algo que você tem que controlar porque senão o cérebro e o estômago do seu cachorro vão se acostumar a comer muito e com o tempo ele vai engordar. O que fizemos com o McGee foi aguentar essas semanas dando a mesma quantidade, ou um pouquinho mais nos dias que ele fazia mais exercício (mas bem pouco, só pra ele não ficar morrendo de fome #tadinho).

A respeito dos problemas da cirurgia, ele só teve umas bolinhas que o veterinário disse que era porque eu tinha deixado o McGee sem o cone e ele tinha se lambido (culpa minha). Então eu tive que ficar limpando as partes dele com um remédio diluído em água e só.

Castrar um animal é algo muito importante pra evitar crias indesejáveis, principalmente no Brasil porque são muitos os cachorros que fogem atras de uma fêmea que está no cio. Existem vários motivos em prol da castração, mas um deles já deveria servir para conscientizar as pessoas: a quantidade de animais abandonados por causa da irresponsabilidade humana! Lembrando que no Brasil existem vários mutirões gratuitos para a castração de animais de estimação, portanto dinheiro não é desculpa!

Então, essa é minha experiência com a castração do McGee, eu espero que vocês tenham gostado e que tenha servido de ajuda!
Besitos! 

7 comentários:

  1. Muito bacana o seu relato. Aqui em SP, tem locais que fazem castração gratuitamente.
    Big Beijos
    http://luluonthesky.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é muito importante Lulu, pena q muita gente não se preocupa com o bem estar dos bichinhos!

      Excluir
  2. É muito importante a castração, seja em gatos e cães. Além de melhorar a qualidade de vida dos bichinhos ainda evita muitos outros problemas.
    A minha cachorrinha também logo logo vai, dá uma dó mas é um bem necessário né.
    Super beijo,
    Sah Errera
    Blog Sabrina Errera
    Fan Page: https://www.facebook.com/blogsabrinaerrera
    @sabrinaerrera

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Sabrina, os bichinhos sofrem muito quando não são castrados.
      Beijos!

      Excluir
  3. Ludi, seu cachorro é muuuuuito fofo e lindo. A cara dele com o cone na cabeça é muito engraçadinha.
    Eu também castrei a minha cachorra e reparei que melhorou muito a qualidade de vida dela, vale muito a pena fazer a castração nos nossos pets.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk obrigada Jaque!
      Que bom que também castrou a sua, é algo bom pra eles!
      Beijinhos!

      Excluir
  4. Boa tarde, foi muito importante você ter castrado seu cachorro, você percebeu que ele acalmou muito, agora, ele deverá viver mais e ficará mais calmo. Interessante é que seu marido te ajudou, geralmente homens não ajudam nisso. Parabéns.

    ResponderExcluir

Eba! Veio deixar um recadinho? Fique a vontade! ♥

Compartilhe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...